quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Moby Dick



Coleção Classics Illustrated Vol. 1
Moby Dick
Herman Melville (autor)
Bill Sienkiewicz (adaptação, roteiro, texto e ilustrações)
Dan Chichester (roteiro e texto)
1990
Editora Abril Jovem



Esta graphic novel faz parte de uma coleção chamada Classics Illustrated, lançada no Brasil pela Editora Abril Jovem entre 1990 e 1991, que se dedicava a publicar adaptações de clássicos da literatura para o universo dos quadrinhos; para o primeiro volume foi escolhido um clássico absoluto da literatura norte-americana: 'Moby Dick', de Herman Melville, adaptado e ilustrado pelo genial Bill Sienkiewicz e com texto e roteiro dele e Dan Chichester.

Herman Melville se colocou na pele do marinheiro Ismael para contar a épica história do Capitão Ahab, que persegue o seu nêmesis, a gigantesca baleia branca Moby Dick, a bordo de seu baleeiro, o Pequod.
Aproveitando-se da sua própria experiência a bordo de um baleeiro, aos 21 anos, Melville narra com muito realismo tudo o que se passa no cotidiano de um navio do tipo, com suas personagens, aventuras e relacionamentos, e com tamanha riqueza de detalhes que, em certo ponto, você se sente como parte daquela tripulação, compartilhando de suas alegrias e medos.

A história tem seu eixo central em sentimentos como obsessão, a relação de amor/ódio, vingança e insanidade, e tem como pano de fundo a indústria da pesca às baleias, atividade vital durante o século 19, que retirava o óleo da gordura das baleias para fornecer o combustível essencial à iluminação na época.

O livro não trata apenas da aventura em si, mas traça todo um perfil daquele modo de vida e da sociedade em seu tempo, além disso, o autor se dedica a destrinchar e dissertar sobre os vários aspectos técnicos e científicos relativos, sendo o livro, também, fonte para pesquisas sobre o assunto.

Essa adaptação do mestre Sienkievicz é sensacional, com suas ilustrações extremamente originais, com toques de surrealismo, e diagramação única, onde consegue interpretar milhares de palavras em um único quadrinho, com uma técnica impecável e um poder de síntese
que transcende o que seria uma ‘mera’ arte de gibis e se transforma em Arte, única e superior, ainda mais aliada a uma história de tamanho calibre.
Parte 1 (57,43mb) – Sharebee
Parte 2 (57,73mb) – Sharebee

6 comentários:

Anônimo disse...

Decididamente este é um dos sites da minha perdição. Boa música, boa banda desenhada. Falando em banda desenhada, conhece este site ?
http://comics.vox.com/
Tem coisas muito boas, embora sejam em espanhol. Passo lá pelo menos uma vez por semana pois aparece sempre algo que me agrada.

Abraços e muito obrigado (estou a descarregar esta maravilha).

José Miranda

Sr do Vale disse...

Maddy, meu caro, e não é que você trouxe a tona Moby Dick.

Você é o cara.

Gostaria de aproveitar e deixar um recado para o Noslen, que está com meu original, pra que quando ele lembrar, favor devolver-me, pois faz parte da coleção.

Abraços.

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

JM,
agradeço pelos elogios e pela dica do site, já vou conferir. Vou digitalizar mais alguns volumes desta série e postarei assim que for possível.
Sr do Vale,
valeu!
Emprestar itens de coleção é a maior roubada, seja livros, quadrinhos, discos ou mulheres... Quase nunca os vemos de volta e, se o vemos, está sempre adulterado. Cuidado, meu irmão!! rsrsrs
Noslen,
devolve a revista do cara! Baixa essa aí!
Abraço pra todos.
ML

Noslen ed azuos disse...

Quando tive a revista/livro de Moby Dick na mão me transformei em criança (Obrigado Sr. do Vale), a fabulosa história adapitada por B. Sienkiewics e imagens me cativaram,uma palavra à resumir: fascínio; porém como criança transformada e ingenuidade a revistinha foi ficando (mais 1 vez obr. Sr V)..., até q., agora no começo do ano, minha esposa por engano a levou junto com muitas outras à casa da praia (lembra Sr V vc estava lá na inauguração da biblioteca da casa da praia, porq ñ pegou já), então agora preciso ir buscar...e estou pensando ML se vc pode me emprestar seu carro pra eu ir, ai aproveito e conheço seu acervo, cúmulo...visto q. vc deve ter muita coisa interessante para eu me tornar criança novamente.

Mudando de assunto, obrigado pelo seu bom gosto, seu blog é anormal.

abraços.

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

Faaaala, Noslen!
Quer dizer que Moby Dick está na praia? Encalhou na sua casa? Tenho certeza que Mr Valleyman vai resgatá-la já. Eu até gostaria de te emprestar meu carro, se o tivesse, e também da sua visita, mas, meu caro, você é paulista? Ou, melhor, mora em São Paulo? Imagine então dirigir trocentos mil km até o Pará! Só 'mucho loco' pra fazer uma viagem dessas! Mas seria muito bem vindo, é claro. Enquanto isso, compartilho o pouco do meu pequeno acervo contigo e quem mais chegar a esse Pântano.
Valeu pelos elogios, aqui não é só o blog que é anormal... rsrs
Abração!
valeu!
ML

Sr do Vale disse...

Acho que terei que pedir ajuda greenpeace para desencalhar essa baleia da praia.