segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

O Ritual de Jane



Jane's Addiction - Ritual De Lo Habitual (1990)





Señores y señoras, nosostros tenemos más influencia con sus hijos que tu tiene...
O Jane’s Addiction foi formado em 1985 por Perry Farrell (vocais), Eric Avery (baixo), Dave Navarro (guitarras) e Stephen Perkins (bateria e percussão). Durante toda a carreira a banda se apropriou de vários tipos de gêneros musicais para fazer sua música única, um rock alternativo bastante eclético, com grande influência de psicodelia, punk, metal, funk metal e rocks em geral.
Seus discos sempre foram aclamados pela crítica, em especial este ‘Ritual De Lo Habitual’, seu terceiro álbum, lançado em 1990, que traz uma grande diversidade de ritmos e músicas variadas, mas consegue manter uma unidade conceitual sem nunca cair na obviedade.
O disco começa com a pesada ‘Stop!’, passeia por funk metal (‘No One’s Leaving’), punk rock metalizado (‘Ain’t No Right’), rocks com toques góticos (‘Obvious’) ou balançados e divertidos (‘Been Caught Stealing’), uma mistura de rock progressivo e metal (‘Three Days’ - com letra bem polêmica), um misto de balada, rock progressivo e psicodelia (‘Then She Did...’), além da inusitada ‘música cigana psicodélica’ (‘Of Course’) e, finalmente, fecha com uma balada singela (‘Classic Girl’).
A qualidade técnica dos músicos é inquestionável, mas salta aos olhos todo o trabalho de guitarras de Dave Navarro, seja na escolha de timbres, nos solos e nos arranjos, assim como também brilham as letras de Perry Farrell, que passam bem longe do lugar-comum.
Este é um discaço, para mim um dos melhores discos de rock alternativo lançado nos anos 90, de algum modo um marco e uma referência para muito do que foi feito posteriormente. Totalmente essencial.

9 faixas, VBR 224/256, 92,7mb
Sharebee

9 comentários:

Noslen ed azuos disse...

Jóia jóia, ñ conheço mas pela resenha deve ser bom ou ñ, todo caso é sempre um prazer estar nesse blog...valeu.

Noslen ed azuos disse...

Reparei agora na capa, muicho loca em, meio mística e sensual; mulheres, se mulher com mulher dá jacaré eu quero ser o pântano (elétrico).

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

Grande Noslen,
ao meu ver esse disco é um dos pilares de tudo o que foi feito no rock alternativo nos anos 90, junto com Siamese Dream (Smashing Pumpkins), Nevermind (Nirvana), Doolittle (Pixies), Dirty (Sonic Youth), entre outros.
A capa do Ritual De Lo Habitual é uma referência à letra de Three Days, onde ele canta 'erotic Jesus / lays with his Marys / loves his Marys', como eu disse no texto, bem polêmica.
Valeu!
Grande abraço.
ML

Roderick Verden disse...

A resenha, praticamente, já diz tudo. Sou fã dessa banda. Tenho esse postado e o segundo disco em vinil(ambos nacionais). Pra mim, Jane's Adction é uma espécie de Aerosmith moderno. A faixa que começa com um latido de cachorro é bem engraçada, de fato. Alguém pode me responder se o primeiro disco é tão bom como os posteriores?
Abraços

Roderick Verden disse...

Ah, gosto muito do som do baixo também.

GRAVETOS & BERLOTAS disse...

Lembrou bem o belo trabalho do Dave Navarro, um poser que sabe o que faz com a guitarra. Roddy, todos os discos do Jane's Addiction são excelentes, mesmo os depois do hiato.
[]ões

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

Roderick,
o primeirão deles é o mais cru também; banda ainda se conhecendo, pouca grana pro estúdio, etc, mas também é muito bom. Como disse o Edson, todos os discos deles são bem acima da média. Se te interessar posso postar os outros daqui um tempo. Você falou do baixista, ele realmente tira um som muito foda do baixo. O baterista também tem um som bem reconhecível, seja no JA, no Infectious Grooves ou no Porno For Pyros, um tremendo fera do instrumento!
Edson,
ah se todos os 'posers' tocassem como esse maluco...
Grande abraço.
ML

Roderick Verden disse...

Grato pelas respostas, Edson e Maddy. O primeiro do JA me interessa sim. O primeiro do Porno for Pyros eu tenho(muito bom também).
Abraços

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

Grande Roderick,
não estou com o primeiro do JA aqui comigo. Assim que eu o conseguir postarei aqui, OK?
Abraço.
ML