quarta-feira, 2 de julho de 2008

O Salgueiro Branco Norueguês

Em meados dos anos 90 várias bandas vindas dos países escandinavos deram uma ‘revitalizada’ no cenário do rock progressivo mundial, entre elas estão bandas que seguem estilos muito diferentes entre si, como The Flower Kings, Anglagard, Anekdoten, Landberk e a que estou postando hoje: White Willow.Formada em 1995 e já tendo lançado cinco discos, o único membro original que participou em todos eles foi o guitarrista Jacob Holm-Lupo. O estilo musical, talvez pelas constantes mudanças de músicos, foi se transformando gradativamente; do início mais ligado a um folk com toques sinfônicos, foram incorporando influências meio dark/góticas, com melodias e letras melancólicas; as guitarras foram ganhando cada vez mais peso, com estrutura e arranjos mais concisos, mas sempre privilegiando o lado mais progressivo de sua música, inclusive se utilizando de instrumentos não muito convencionais – entre eles crumhorn, kantele, cítara e variados instrumentos de sopro – e muitos teclados analógicos; mas sua principal característica são mesmo os vocais femininos, usados sempre com bastante destaque, mesmo que três vocalistas, com estilos levemente diferentes, já tenham passado pela banda.
O guitarrista Jacob, durante todos esses anos foi acompanhado por vários e diferentes músicos, e a última formação é a seguinte: Trude Eidtang (vocais), Lars Fredrik Frøislie (teclados), Ketil Vestrum Einarsen (sopros), Marthe Berger Walthinsen (baixo) e Aage Moltke Schou (bateria e percussão).
No momento encontram-se de ‘férias’, trabalhando em projetos paralelos e se dedicando a assuntos particulares.Para maiores informações consulte o Prog Archives e o site da banda.

Uma observação
: nos discos disponibilizados aqui, com raras exceções, eu coloco nos comentários de seus ‘tags’ a formação da banda, de acordo com cada disco – fica fácil de visualizar no Winamp, por exemplo.

Novos Links (3,12kb) – Sharebee

11 comentários:

José Miranda disse...

Grande Maddy,

Mais um grupo que não conheço e que cou baixar. O meu disco está a ficar com falta de espaço (já comprei outro de 500GB. Deve durar por um tempo, eheh).
Dos grupos que falou, gosto muito dos The Flower Kings. Agora vou "provar" este.

Abraços

José Miranda

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

Faaaaala, Miranda!
500gb!?!?!!! É, deve durar umas duas semanas... rsrsrsrsrs
O White Willow é bem diferente do The Flower Kings (um nome ruim pra uma ótima banda); entre os 5 discos deles, gosto mais do Ignis Fatuus e do Storm Season, mas os outros também têm ótimas músicas e grandes momentos.
Boa viagem!
Abração.
ML

Franck disse...

Gracias Marcello, estoy bajando los discos, en cuanto los escuche te comento...
Te mando saludos afectuosos

Noslen ed azuos disse...

Grande companheiro, em cada timbre ou solo de flauta serás responsável pelo meu voar por tanto som que sua casa me proporcionou....fiquei muito feliz por vc visitar meu blog e é um prazer imensurável estar com meu blog lincado no seu, obrigado por todos os Deuses da musica.

Ando meio desligado, acho que sofri uma overdose musical, ...cara tenho muito som e não estou conseguindo ouvi-los, não vejo a hora de parar de trabalhar para viver nas ondas da música e do mar.

Abração -
‘ns’

ah, já que estou aqui vou baixar mais este rsrsrsrs ...

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

Graaaande Noslen!
Beleza, seu blog é muito bacana, não haveria porquê de não colocá-lo na minha lista, ainda mais por causa de nossa camaradagem desde os tempos do Delirium Dust.
Querendo ouvir uns sons bacanas pra te inspirar, você já sabe o caminho...
Abração!
ML

Anônimo disse...

This is a very good band, thank you!

Sr do Vale disse...

Justamente, no momento que estou lendo esta resenha, também estou ouvindo através da minha lista na LAST FM, o som do Anekdotem, que vem da mesma fonte, segundo você mesmo anuncia.
Maddy, curto pra caramba sons destas paragens, os caras são diferentes.
Este em particular ainda não ouvi.
Vou conferir.
Obrigado.

Abraços.

P.S.: O Pântano é daora.

Anônimo disse...

Meus parabéns pelo excelente blog.
gostaria de lançar um desafio para todos nós. Achar na net um DVD do White Willow.O que acham ???
um abraço a todos.
Kapixaba.

Noslen ed azuos disse...

Estou passando para retribuir com um sincero agradecimento por me apresentar o som cheio de sentimentos de White Willow, muito bom.

Abração
ns

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

. Mr. Anonymous,
you're welcome!
. Mr. Valleyman!
Pois é, meu amigos, a galera de lá de cima, pra fugir do frio e do gelo, acaba nos brindando om ótimos trabalhos. Uma das coisas que mais gosto entre todas essas bandas é que elas têm estilos bastante diferentes entre si, todos muito bons.
. Kapixaba,
seja muito bem-vindo! Agradeço pelas cordiais palavras. Se alguém conseguir encontrar um DVD dos caras, deixe um recado aqui, eu nunca os vi tocando e, pleas fotos que já vi por aí, o show deve ser bem interessante.
. Noslen, meu camarada!
Que bom que te agradou o White Willow, fico feliz em saber. Postei ontem o Will-O-The Wisp que acho que vai te agradar também.
Grande abraço para todos.
Valeu!
ML

Anônimo disse...

Valeu Marcelo, vamos deixar este desafio no ar, procuremos todos um DVD do White Willow.
Grande abraço
kapixaba.