quinta-feira, 10 de julho de 2008

Jon Douglas Lord

Jon Douglas Lord não necessita apresentações, uma verdadeira lenda-viva do Rock, talvez o mais influente tecladista dentro do rock, hard rock e afins, pai do conceito banda de rock + orquestra e do Hammond mais distorcido e poderoso do Universo, além de muito, muito mais que tudo isso. Se você veio de outra Galáxia e não sabe de quem estou falando, que tal aquele tecladista bigodudo que tocou no Deep Purple, depois no Whitesnake, depois no DeepPurple... Sacou? Beleza...
Disponibilizo aqui a discografia de sua face progressiva*, desenvolvida a partir de suas origens eruditas. Incluí também um pirata, ao vivo, chamado ‘The Dream’, de 1999, com qualidade muito boa, onde ele toca, entre outras, algumas músicas que depois apareceriam em ‘Beyond The Notes’, de 2004 (não consegui informações sobre esse pirata, sei somente que o baterista é Ian Paice). Todos os discos são excelentes; se você ainda não os tem, não deixe passar essa oportunidade.
Há bem pouco tempo foi lançado seu mais recente disco, ‘Boom Of The Tingling Strings’, aparentemente na mesma linha desses aqui postados; se alguém tiver um link, faça as honras...
Para aqueles que querem obter maiores informações sobre esse genial boa-praça, acesse o Prog Archives aqui e a Wikipedia aqui.
Boa viagem!
* Os discos disponibilizados são:
Gemini Suite (1970)
Windows (1974)
Sarabande (1976)
Before I Forget (1982)
Pictured Within (1999)
The Dream (1999)
Beyond The Notes (2004)

Links (3,5kb) – Sharebee

7 comentários:

José Miranda disse...

Não vou falhar o Jon Lord. Tenho quase tudo dos Deep Purple (Vinyl, CD's - e MP3, claro).
Desta lista só não devo ter um ou dois, mas só amanhã é que os descarrego, pois aqui em Portugal já passa da 1 da manhã e às 9 tenho de estar a trabalhar.

Abraços

José Miranda

Progshine disse...

Jon Lord dispensa comentários, em muitos momentos demorei pra perceber que se tratava de um teclado nas músicas do Deep Purple, dado ao fato do cara ligar seus hammonds e afins em marshalls envenenados haha

Esse merece todo o respeito!!

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

. Grande Miranda!
acho que já deu tempo de você baixar os que ainda não tinha. Tenha uma boa semana, com uma boa trilha sonora!
. Diegão!
Ainda lembro da primeira vez que vi na TV o maluco arregaçando um Hammond todo lascado, acho que foi num Sábado Som, ou qualquer coisa parecida; naquela época uma imagem dessas era raridade total. Depois dele o Hammond nunca mais foi o mesmo! rsrsrs
Abração.
ML

Franck disse...

Grande Marcello!!!
No habia visitado el blog desde hace algunos dias, y encuentro estas joyas!!!
Yo soy admirador de Deep Purple, es una gran banda, y la verdad es que sin Jon Lord en los teclados no sería lo mismo...es un gran musico..
gracias por el post y saludos

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

Grande Franck!
Concordo totalmente contigo: Deep Purple sem Lord não é o Deep Purple. Eles podem até ficar sem o Gillan e o Blackmore, mas sem Glover, Paice ou Lord, já não são mais o bom e velho Deep Purple, mas um pálido arremedo de coisa nenhuma. rsrs
Um abraço.
ML

valde70 disse...

Gracias por subir al Gran Jon Lord,lo buscaba hace rato! Un Millon de Gracias.Saludos desde Argentina!.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Bienvenido, Valde70!
Obbrigado pela visita e pela gentileza.
Se você não conseguir o ‘Boom Of The Tingling Strings’ entre em contato que eu poderei subir um link, OK?
Saludos, hermano!
Valeu!
ML