domingo, 17 de maio de 2009

Zappeando No Domingão (8)

Bom dia, boa tarde, boa noite...
Esse é o último post da série ‘Zappeando no Domingão’. Seria o penúltimo se o Diego não tivesse reparado que todos os próximos ou seriam somente coletâneas (todas as músicas já foram postadas aqui em seus discos originais) ou, então, os discos lançados de 2005 pra cá (alguns nós não temos) e, no fundo, todos esses discos são coletâneas ou edições sem novidades propriamente ditas; além disso, todos esses podem ser achados facilmente em vários blogs.
Damos, então, como finalizada essa saga que durou dois meses. Por conta disso vou deixar aqui a continuação do texto com que o Lawrence David nos presenteou na semana passada, mas vou fazer uma proposta:

Se alguém quiser acrescentar algo a esse texto ou se quiser deixar algum relato pessoal, alguma história bizarra, qualquer coisa mesmo, contanto que tenha a ver com o Frank Zappa, deixe aqui na caixa de comentários que, aos poucos irei acrescentando à postagem.

Finalizando... Agradeço ao Diego, que teve a suprema paciência de me aturar cobrando os links semanalmente (rsrsrsrsrs) e por todo o trabalho feito, e, também, ao Lawrence David, que nos salvou (e nos brindou!) com textos sobre o seu maior ídolo. Considerando que não estamos nessa pelo dinheiro, mas, sim, pelo prazer, espero que todos tenham se divertido (e muito!) escutando aos tantos e maravilhosos sons que o Zappa nos legou.
Um ótimo domingo pra todos.
Divirtam-se!


Não Coma a Neve Amarela (‘Don’t Eat The Yellow Snow’) – Abertura da longa suíte que conta a vida do esquimó Nanook, aconselhado a observar onde os huskys siberianos fazem xixi para não comer a neve amarela, rsrsrsrsrs. No mesmo álbum, ‘Apostrophe’, Zappa gravou a faixa intitulada Chulé (‘Stinkfoot’). 'Yellow Snow' tem a ver com heroína. Como diria FZ 'álcool e drogas são para estúpidos'. Claro que ele "esqueceu" de mencionar o cigarro rsrs

Os Humildes Não Herdarão Nada (‘The Meek Shall Inherit Nothing’) – do ‘You Are What You Is’, obviamente veio pra contradizer a própria Bíblia. Burros Por Todos os Lados (‘Dumb All Over’) sintetiza o próprio álbum, que fala da estupidez da classe média americana. Aí também tem Mais Ereto Que Seu Marido, A Enorme Boca de Charlie e Abençoada Conta Bancária.

Não, Agora Não (‘No Not Now’) – mais uma vez falando (mal) das mulheres, comenta as desculpas que elas dão pra não transarem. Do álbum ‘Ship Arriving...’.

A Tortura Nunca Acaba (‘The Torture Never Stops’) – A canção fala disso mesmo: loucura, insanidade e sofrimento. A história se passa num asilo sujo e fedorento. Mas tem um ar meio sensual também, tanto que fez parte de uma compilação da falecida revista Status. Lá pelas tantas, mulheres começam a gemer alto, gritando, prestes a gozar. Zappa se auto-intitulou aí como ‘diretor de atividades recreativas’ e ainda esnoba fazendo um solo de contrabaixo. Ele sempre foi bom em misturar coisas. No mesmo ‘Zoot Allures’, em Amigável Dedinho, ele mistura um solo de guitarra de uma canção com a bateria de outra, criando um clima estranho e inusitado.

Doninhas Roeram Minha Pele Facial (‘Weasels Ripped My Flesh’) – Nome do álbum que tem Minha Guitarra Quer Matar Sua Mãe.
Weasels são pilantras. Nesse disco ele quiz dizer que os executivos da gravadora passaram a perna nele.

Jesus Acha Você Um Idiota (‘Jesus Think You’re a Jerk’) – Mais uma pegação de pé/tiração de onda com os pastores evengélicos, principalmente Jimmy Swaggard. Nesse álbum, ‘Broadway, The Hard Way’, Zappa estava em campanha eleitoral (para ser presidente) e meteu o pau em tudo quanto foi instituição americana, no rock (Elvis Acabou de Deixar o Prédio), em Wall Street (O Planeta das Mulheres Barítono) e Michael e Janet Jackson (Por Que Você Não Gosta de Mim?).

Mantenha Vaselinado (‘Keep It Greasey’) – É a parte do ‘Joe’s Garage’ em que o personagem central está sendo currado e filosofa sobre a vida. Ainda aí tem Por Que Dói Quando eu Mijo?, sobre uma doença venérea, e Põe Pra Fora, na hora em que o robô mostra o pênis para Joe. Já mencionadas anteriormente, aparecem ‘Crew Slut’, ‘Catholic Girls’ e ‘Fembot In a Wet T-Shirt’.

Tetas e Cerveja (‘Titties And Beer’) – Simplesmente, o diabo engole a mulher de um motoqueiro tipo Hell’s Angels e, junto com ela, a cerveja. O cara fica louco e começa uma negociação que vale a pena ouvir, entre o Zappa e Terry Bozzio (personificando o demo). No mesmo álbum, ‘In New York’, tem Benzinho, Você Não Quer Um Cara Exatamente Como Eu?, em que um maioral da escola chama a garota (meio burra e feia) de tudo o que é palavrão escabroso, só porque ela não quis dar pra ele, mas acabam juntos assim mesmo. E uma belíssima faixa instrumental, com um solo maravilhoso de guitarra, intitulada Prometo Não Gozar Na Sua Boca.

Links - Diego 'Progshine'
Texto - Lawrence David + Leo Itumbiara


Links (6,66kb) - Sharebee

19 comentários:

Lawrence David disse...

Eu é que te agradeço, pela honra e o aprendizado de ter trabalhado contigo.
Pois é, sempre tem alguma coisa a mais a dizer sobre o Zappa. Ele é um dos meus grandes ídolos musicais, não único, na verdade começou com os Beatles. Junto com o Z. descobri o Bowie. Tem o Queen que não fica muito atrás. Acho que o que me fascina no cara é que, de uma certa forma, ele tem aspectos da personalidade musical que são parecidos comigo. É muito crítico e não tem medo de exagerar ou do ridículo. Ele é um sociólogo, sempre vê o lado ridículo das coisas. É bem humorado. Me influenciou profundamente a estudar sociologia, filosofia, jornalismo e depois, História. Ao mesmo tempo leva a comicidade muito a sério. Não se desencanta em achar tudo decadente e declarar seu ódio ao comercialismo musical, que detona com os músicos. Era meio exagerado e 'comeu' cigarros até morrer (cedo demais). O que estaria o mestre fazendo hoje, se estivesse vivo? Certamente não seria nada disso que há de mais vendável na indústria (falida) musical de hoje. Não estaria caçando as bruxas nos blogs musicais como os mercenários da indústria o fazem.
Ainda teria mais pra escrever. talvez eu escreva um longo texto no meu blog em breve sobre ele, obviamente diferente do que escrevi aqui. Mas deixo, pra finalizar, algumas frases do elemento, que eu acho basilares para resumir sua filosofia musical e de vida.
"Não creio que a pornografia exista realmente. Ele é nada mais do que um conceito jurídico inventado e propagado por velhos"
"A única verdadeira razão para frequentar a faculdade é que lá talvez você arranje uma bom casamento e dê o golpe do baú"
"Jornalismo Musical é uma bando de gente que não sabe escrever, escrevendo para gente que não sabe ler, sobre gente que não sabe tocar"
O que mais dizer sobre um cara que tem uma gravadora chamada "Abóbora uivante"? e cujo estúdio de gravação se chama "A cozinha de pesquisa da utilidade do bolinho"?

Bom domingão, Saudações Zappísticas

LD.

Leo Itumbiara disse...

Maddy,
tenho procurado incansavelmente um disco ao vivo do FZ que tem "Tomorrow Never Knows". Só tenho num K7 que um amigo lá em Ribeirão Preto havia emprestado e eu propositalmente "perdi". Ele me praguejou e acho que é por isso que desde então nunca mais achei. Dentre outras, o disco tem "City of Tiny Lights", "Watermelon in Easter Hay", etc. A fita ainda rola no toca-fitas do carro. Está sempre lá, só há 9 anos. Percebo que a vida dela está acabando e preciso gravá-la de novo (num cd, claro. Se puder me ajudar nessa aí, agradeço de montão.
Abraços,
Léo

Leo Itumbiara disse...

Só duas coisas Maddy:

"Yellow Snow" tem haver com heroína. Como diria FZ "álcool e drogas são para estúpidos". Claro que ele "esqueceu" de mencionar o cigarro rsrsrsrs

"Weasels" são pilantras. Nesse disco ele quiz dizer que os executivos da gravadora passaram a perna nele.

Leia aquela Autobiografia Por Ele Mesmo que vc vai se divertir.

Até a próstata,
Léo

bat_trash disse...

Grande Diego!
Zap,zap, zap ...zapeando derradeiramente.
Beijo grande.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaaaaaande Law!
Véi, eu é que agradeço, sinceramente. Ótima parceria essa nossa.
Vou aproveitar tudo isso que você escreveu aqui em uma postagem 'póstuma' ao Zappeando no Domingão, OK?

Faaaaaaaaaala, Léo!
Seja bem vindo!
Começando pelo começo, não sei qual disco ao vivo é ese do Zappa, simplesmente porque, como eu gosto pouquissississíssimo de discos ao vivo, não o conheço; porém algum dos malucos que aparecem aqui (ô, LD, dá um help!!!) talvez possa te ajudar.
Obrigado pelos esclarecimentos; depois os acrescentarei à postagem.
E valeu, também, pela dica da biografia, pretendo comprá-la em breve.

Querida queridona BatSobrinha!
É isso aí: 'a Cesar o que é de César'! Uma salva de palmas ao Diegão!!

Abraços, meus camaradas; beijaço, DiaBiazinha!
Valeu!
ML

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Esqueci...

Façam um favor a si mesmos e confiram o surpreendentemente edificante comentário do Marcos no post Zappeando no Domingão (7).
Temos que erigir uma estátua em homenagem a ele...

Valeu!
ML

bat_trash disse...

Quando eu for gente grande, quero ser tão culta e educada qto ele. rsrsrs.

Sr do Vale disse...

Em uma das capas, parece o Raul Seixas.
Não sei não, acho que o Zappa toca Raul.

Lawrence David disse...

Cara, eu vou ter que procurar. Deve ser algum pirata que eu ainda não ouvi. Quem, com certeza sabe é o Woody, que manja muito mais que eu de Zappa. Eu nem consegui ouvir inteiros todos os que ele postou lá no blog dele em dezembro de 2007.

Valeu, a postagem ficou ótima como sempre.

Abraços, Law.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Pois é, BatMenguista, mas acho que nem com muito esforço você conseguiria chegar ao nível desse grande literato... rsrsrsrsrs

Graaaaaaaaaaaaaaande Valleyman!!
Pois é, cara, o Raul Zappa, quer dizer Frank Seixas, 'taquilpa.... Tá danado! rsrsrsrs Como eu ia dizendo, acho que no 'Joe's Corsage' ele tá parecendo o Eugene Hütz, do Gogol Bordello... rsrsrsrs
Ah! Não conhece Gogol Bordello?!?!? Faça uma pesquisa no iútubil pela música 'Not A Crime', de preferência a versão acústica (aliás, repare no coroa do violino - toca muuuuuuuuito!).

Faaaaaaaala, Laurêncio!
Véi, perguntei ao Google e ele disse que também não sabe... Já tô até cogitando a idéia de terem enganado o Léo... rsrsrs

Valeu, maluKada!
Grande abraço.
ML

Tulio du beraba disse...

Olá e parabéns pelos posts especiamente os do Zappa blz, porém tire minha duvida, todos os disco são baixados de uma vez num só download? Grato.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaala, Túlio!
Seja bem vindo!
Nesse link do Sharebee você vai baixar uma lista com os links pra cada um dos discos - quem dera que desse pra baixar tudo de uma vez só!!! rsrsrsrs Essa foi a minha solução pra não precisar publicar um número grande de links e, também, não deixar o blog exposto aos 'deletadores de plantão'.
Fique à vontade pra explorar o blog e, principalmente, pra 'fazer a feira'. rsrsrs
Valeu pelas palavras e pela simpatia.
Um abraço.
ML

Esquadrão SS disse...

Coé, Marcello! Rapaz, tu fez um trabalho violento no post do Smashing Pumpkins. Tudo veio completo. Nunca tinha escutado essa banda direito e têm coisas legais. Claro que outras são ruins até cansar tb. hhehehe Ow, esses oito posts do Zappa fez história. Muito material. Abraços!

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaaaaaaaaaande Rodolfo!
Deu trabalho, afinal é coisa bagarái pra ripar, encartes pra escanear... Acho que vale a pena caprichar sempre, mais ainda quando é uma banda ou artista que eu gosto bastante e, principalmente, tenho a maioria dos CDs, como nesse caso.
Os agradecimentos pelo Zappa devem ir para o Diegão, que teve esse trabalho absurdo, até porque o cara tem um oradão de discos duplos e alguns triplos!! É muito link pra subir!!! rsrsrsrs
Abração.
Valeu!
ML

Celso Loos disse...

Fui no Zappa 7 ler o comentário do Marcos. Pô ML não p%$de.

Marcos não deve ser nome, deva ser apelido, tipo Totó, Rex ou Palhaço Azul - uma merda de peixe que comprei e tem valor venal maior que o dele.

Se o blog fosse meu, abriria aspas e poria aquele frase logo após o banner. Assim, todos os babacas, otários, trouxas e palhaços não-azul que circulam pelos blogs saberiam que aqui eles não teriam chance, que o recorde mundial de idiotice foi batido e é inalcançável.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaaaaaaaaala, Loooooooooos!
Palhaço-Azul?!?!!? rsrsrsrsrsrsrs
Acho que um boçal desses merece mesmo uma bela duma sacaneada, de preferência daquelas que ele nunca vai entender, mas outras pessoas sim, só pra ficarem rindo da cara de palhaço-azul dele... rsrsrsrsrsrs
Tinha tempo que eu não recebia um troll desse naipe aqui nos comentários, então resolvi publicar esse só pra mostrar pra galera que eu tô ligado na parada! rsrsrs

Abração!
Valeu!
ML

Celso Loos disse...

Pois é

Peixe-Palhaço, nome científco Amphiprion ocellaris, é o que a galera passou a chamar de Nemo, após o filme da Disney.
A variedade azul, Amphiprion clarkii, é conhecida na verdade como Clarkii.

Mas como estamos falando é de um PALHAÇO mesmo... Confere aki se ele não tem cara de bicho otário.

http://www.arydospalhacos.com.br/especies.htm

:))))))

Pirata disse...

Faaaaaaala Marcelo, to na aera de novo, peço a gentileza de atualizar o link pro meu novo blog.

http://gplaysrecords.blogspot.com/

Pirata

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaaaaala Celsão!
Não é que o bicho tem cara de otário mesmo? rsrsrsrsrs
E você gastou uma bufunfa com isso?!?!?! rsrsrsrs

Graaaaaaaaaande Pirata!
É isso aí, meu camarada: desistir, jamais!
Já vou colocar o link, 'xa comigo.

Abraços pros maluKos.
Valeu!
ML