terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Entre o Hard e o Prog




Atlantis Philharmonic (1974)






Atlantis Philharmonic
é um duo americano, formado por Joe DiFazio (vocais, teclados, guitarras, baixo e ‘bass pedals’) e Royce Gibson (bateria, percussões e vocais de apoio); só lançaram este único disco, auto-intitulado, com um som que fica bem na fronteira entre o hard rock feito por Uriah Heep e Deep Purple e o rock progressivo sinfônico de bandas como ELP, The Nice, Camel e Moody Blues, mas com personalidade suficiente para soar como uma banda única, principalmente se levarmos em conta a sua formação.
Aproveitem mais essa raridade!

6 faixas, bittrate 192, 47,73mb
Sharebee

5 comentários:

Noslen ed azuos disse...

Obá já vou conferir, grato.

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

Fala, Noslen!
Excelente, tenho certeza que você vai gostar muito!
Grande abraço.
ML

Esquadrão SS disse...

Putz! O som do Germinale me agradou mais. Gostei pra caralho. Os vocais italianos são agradáveis, algo que peca um pouco nas bandas italianas, na minha opinião. O prog é bem agradável até a primeira vista. Uma coisa que as pessas introduzidas no gênero, ou as aversas, reclamam bastante. Falam que os tempos são muito quebrados, sem fluidez, sons esquisitos numa primeira audição. O cd parece que foi gravado nos anos 70 e remasterizado. Ótima banda. Valeu Marcello! Abração

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

Fala, Rodolfo!
Você disse tudo, meu camarada, eu também gosto muito dos vocais e é um disco que desce bem em qualquer ocasião.
Valeu!
Grande abraço.
ML

Rochacrimson disse...

Show de bola!
Grande sinfonia como todo o grande prog de 70's!