domingo, 26 de abril de 2009

Zappeando No Domingão (5)

A preguiça continua imperando, então vou aproveitar a colaboração espontânea do camarada e zappamaníaco Lawrence David, que me enviou esse ótimo e divertido texto sobre o ‘Joe’s Garage’.
Um bom domingo e uma ótima semana para todos!

E se a Música se tornasse ilegal?

Imagine se uma vizinha idosa, que não gosta de barulho implicasse com você por causa dos ensaios de sua banda de garagem? Ela lhe denuncia à polícia. Você é preso e vai pro xilindró, acusado de ‘atividades ilícitas’. Ela ainda menciona algumas palavras agradáveis para o oficial, 'Ele era um ótimo garoto e até costumava cortar minha grama'.
Sua namoradinha pira vendo você preso. Ela não aguenta viver sem ter um músico pra tietar. Assim, acaba indo morar no ônibus dos roadies de uma banda de rock famosa. Ela até que é bem esperta, e não suporta a monotonia da sua pequena e pacata cidade, tipicamente norte-americana. Assim, ela vira uma Maria Batalhão daquele conjunto, passando na roda, dia após dia.
Enquanto isso, já engaiolado, os policiais apresentam-lhe um pastor de uma seita religiosa, ‘A Nova Igreja da Apologia dos Eletrodomésticos’. Ele lhe convence a andar na linha, mas, para isso, você deve falar sempre alemão e começar a namorar alguém direito, diferente daquela sua suja namoradinha. Que tal uma torradeira elétrica? Ou quem sabe um aspirador de pó robô? rsrsrsrs ...
Sem dúvida eles são melhores do que aquelas fingidas patricinhas católicas que no fundo estão loucas pra fazer 'tudo' com um belo rapagão idiota. Então você vai a um bar ‘dar uma cantada’ em alemão em um futuro pretendente. Vocês vão para cama, mas seu desejo é tão intenso que você detona o robozinho. Os hômi chegam e aí, não tem mais volta, vai para um presídio onde estão os piores tipos da sociedade. Por seu crime ser sexual, você vai passar por um ritual de passagem, e será traçado pelo mais bem dotado dos detentos. A humilhação é tão grande, você fica tão mal que começa a morrer, por dentro e por fora.
Antes, em sua imaginação, você repassa toda a sua existência, e pensa que poderá sair da cadeia. Em delírios, vê sua namorada filosofando: ‘Informação não é conhecimento; conhecimento não é sabedoria; sabedoria não é verdade; verdade não é beleza; beleza não é amor; amor não é música; música é o que há de melhor!’...
Então, agonizante, você se sente pesado, como uma melancia num ninho de páscoa, e ainda se dá ao trabalho de imaginar um último e épico solo de guitarra ...
Essa fábula pós-moderna e surrealista é a ópera-rock mais famosa de Frank Zappa, ‘A Garagem de Joe’, apenas mais uma monumental obra desse gênio da música, e que marca sua enorme contribuição para a cultura ocidental.
Saudações Zappísticas!
LD.

Links (7,75kb) – Sharebee

18 comentários:

Sr do Vale disse...

Crítica social ou mais um pesadelo Zappeano, com distorções nos acordes.
Algumas músicas de Zappa, não me agradam. Algumas músicas dentre aquelas que me agradam, são de Zappa.

abraços.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaaaaaaande Johnny Valleyman!
Concordo totalmente contigo, tem muita coisa que o Zappa fez que não me desce nem muuuuuito chapado! rsrsrsrs Mas, também, isso é de se esperar numa discografia tão grande quanto a dele. Tem suas compensações, é claro, com muitos discos excelentes e várias músicas inesquecíveis.
Abração, meu amigo!
Valeu!
ML

Lawrence David disse...

Mesmo que não me agrade muito eu tenho a consciência: isto é bom. Eu diria que tudo o que ele produziu é bom. Sem dúvida não é qualquer hora que a gente consegue ouvir um "London Symphony" ou "Guitar". Ainda assim é tudo muito acima da média se compararmos com a maioria do que se ouve por aí. Ainda que garimpássemos as canções confirmadas e idolatradas por todos tipo "The Torture Never Stops"(com os gemidos recreacionais e tudo)ou "Plastic People" poderíamos constituir um discoteca superior ao que a maioria das bandas de rock também fez ao longo de sua carreira.

É isso.

Sem mais, dispeço-me cordialmente,

LD.

bat_trash disse...

Surreal, mas engraçadíssimo!
Esse Zappa é polêmico, mas amado ou odiado ele não passa indiferente.
Quanto ao meu aniversário,não tinha como vc e o tio Ed serem atentos, uma vez que nunca mencionei a data.
Beijo grande.

woody disse...

E tome Zappa! Eita coisa boa!!!

Pra cima com a viga, moçada! disse...

Oi Marcello, valeu pelos links lá no "Pra Cima"!
Influenciada pela alegria que é encontrar o que se gosta e poder baixar, acabei mudando um pouco o espírito da coisa lá no blog e começo a engatinhar nessa aventura de disponibilizar os links. Aceito dicas, sugestões, etc e tais, ok?
;)
Abraços, da
Lu Gasp

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Qualééééé, Laurêncio!
Sei bem como é isso, quando eu curto muito uma banda, acabo gostando até das músicas ruins... rsrsrsrs

Queridona!!
Você tem razão, no fim das contas você é que é uma sobrinha relapsa, porque não contou a data do seu aniversário pros tios... rsrsrsrsrs
O bacana do Zappa é que as polêmicas que o envolvem sempre têm amplos sentidos e fundamentos muito válidos. (caramba!! Isso é que é enrolar... rsrsrsrsrs)

Graaaaaaaaaaaaaande Woody!
Eu sei que você já tem tudo do Zappa, mas quando vê um monte assim dando mole até dá vontade de baixar alguma coisa, né não? rsrsrsrsrsrs

E aí, Lu!!
Então o vírus te pegou, é? rsrsrs Cuidado que isso acaba virando um vício... rsrsrs
É claro que posso te dar várias dicas sobre essa coisa de postar discos, etc. Vou te mandar um e-mail com alguns macetes, OK?

Beijos pras meninas e abraços pros mauKos!
Valeu!
ML

Progshine disse...

'Sei bem como é isso, quando eu curto muito uma banda, acabo gostando até das músicas ruins... rsrsrsrs'

Mas e depois fala mal do meu gosto por Hawaii Engineers huahuahauhaua

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaaaala, El Pateta!
Cara, no caso dos Engenheiros, é tudo ruim mesmo, então, gostou de uma, gostou de todas... rsrsrsrsrs
Isso que eu disse lá em cima nem é totalmente verdade. Por exemplo: Rush e Zeppelin são duas das bandas que eu mais gosto e que fizeram uma grande quantidade de discos excelentes, mas mesmo dentro desses discos, ou em toda a discografia, têm músicas que não me agradam de jeito algum. O mesmo acontece com Pink Floyd, Black Sabbath, Yes, Frank Zappa...
E, no fim das contas, eu gosto mesmo de um monte de merda, mas não gosto dos Engenheiros, não, porque até pra merda (principalmente pra merda!!) tem limite... rsrsrsrsrsrs
Abração!
ML

Lawrence David disse...

Mas o Zappa não tem nada ruim. É isso que eu digo. Qualquer um de nós pode até não gostar, mas analisando friamente tal e tal faixa pode ser 'difícil' de ouvir, mas não é ruim. Alguém se habilita a indicar qual faixa do zappa é ruim e por quê? Vamos conversar ...

Hawaii engineers é brabo, mas tem umas boas canções, principalmente nos dois primeiros albuns.

Abraços,
LD.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

LD,
desculpe a sinceridade: mas que papo mais chato esse, hein? Aliás, a questão é justamente essa: não é que o Zappa seja ruim, mas várias vezes é chato bagarái. Varia com o gosto de cada um.
Falando em chatice, o tal Humberto Gessinger é outro, e do pior tipo, o chato arrogante; alguém que escreveu isso 'O nosso amor é uma abobrinha / Eu escrevo o teu nome em uma sopa de letrinhas' não merece respeito, ainda mais quando faz pose de gênio.
Ah, me desculpe, hoje tô num mau humor desgraçado, então não vou chatear mais ninguém...
Valeu!
ML

Lawrence David disse...

Calma aí, Maddy! Beleza Mano, alegria, rsrsrsrsrs. OK, nada de papo chato! Era só uma filosofiazinha mesmo, básica, é meu ranso de professor de história e puxei uma velha discussão que eu tinha com meus amigos audiófilos lá dos anos 80. "Eu posso gostar de alguma coisa que é ruim e pode haver coisas boas que eu não gosto".
OK, sou chato mesmo, mas menos que o HG, com certeza.
Certamente que o Zappa é meio mala mesmo. É um som só pra alguns momentos, tem muita informação, é atrolhante, etc.

OK, fui ...

LD

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

LD, menos chato que o HG até o Oswaldo Montenegro é; o cara é um ícone! rsrsrs
Vou te indicar uns sons: Henry Cow, The Residents, The Flying Luttenbachers, Faust, Amon Düül II e Slapp Happy.
Depois me diz...
Abraço.
ML

bat_trash disse...

Chico Buarque é considerado um gênio, e é...mas não engulo aquela música: vc não gosta de mim, mas a sua filha gosta. LOL!

Beijo, tiozão.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

É isso aí, BatSobrinha!
Só pra aumentar essa lista de gênios que também fazem merda (alguns deles até fazem alguma coisa boa!! rsrsrs): João Gilberto, Caetano Veloso, Prince, Björk, Pelé... rsrsrsrs

Beijaço-aço-aço, queridona!
ML

Arthur Falco disse...

Eu consigo gostar até do 90125 do YES, haha!

abraços frank zappianos ae pro ceis!

Sr do Vale disse...

Faltou um: UNIVERS ZERO.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaala, Arthut!
Seja bem vindo, meu camarada!
Vou te dizer uma coisa, gosto mais do '90125' do que do 'Tormato', por exemplo; pode não ser o 'bom e velho Yes', mas é um disco muito bom, que, de certa forma, apontou direções para muitas bandas que apareceram no neo prog.

Graaaaaaaaande Do Vale!
Faltou mesmo, mas é que deixei mais alguns pra depois, pro caso de ele se interessar, ainda tem Magma, Art Zoyd, Samla Mammas Manna, Art Bears, Guapo, Mr Bungle...

Valeu!
ML