terça-feira, 30 de novembro de 2010

Jane (atualização)

Galera, rápido e rasteiro dessa vez: em dezembro tirarei merecidas férias e pretendo viajar e descansar bastante, mas não vou deixar o Pântano totalmente abandonado.
Na verdade, vou aproveitar a oportunidade para tentar atualizar velhas postagens, afinal muitas bandas continuaram lançando discos (ainda bem!!) após eu ter postado suas discografias.
E, pra começar, vou aproveitar o presentaço do mais novo amigo de todos nós: Leandro Arruda, presidente e comandante-em-chefe do blog Never Too Old To Rock.

É que, para minha grande surpresa, quase três anos depois que postei a discografia do Jane aparece o Leandro, Mr. NuncaVéiD+ProRock, me oferecendo o disco que me faltava (o álbum auto-intitulado lançado em 1980), completaço, com capas e tudo! Eu não poderia deixar por menos!
Pra complementar, subi também um link pro álbum mais recente da banda, ‘Traces’, de 2009, o primeiro após o falecimento de Peter Panka – tendo somente o baixista Charly Maucher da formação original –, mas mesmo assim um ótimo disco.
Aí embaixo tem um link pra postagem original, onde todos os links ainda estão funfando bonito (testei todos os MegaUpload e pelo menos esses estão todos OK) e outro link, com esses dois discos descritos aí em cima.
É isso aí, galera. Mais uma vez agradeço ao Sempre-Jovem-Leandro pelo presente e, como sempre, divirtam-se sem moderação!

Postagem Original – Jane
Site Oficial
Prog Archives
Wikipedia

‘Jane’ (1980) + ‘Traces’ (2009) Links (2,47kb) – Sharebee

6 comentários:

Fábio RT disse...

Cara...não conhecia...que banda fodastica e fantastica...Muito obrigado !!!!!

Big clash disse...

Fala Maddy,
vou conferir esta postage,ainda não ouvi nada desta banda.
Aproveite bem as férias.
Abração.

Never Too Old To Rock disse...

Fico feliz de trazer algo útul para vacê Marcello (mr. Pântano), e venho agradecer pela postagem do Traces.

Tenho cd's antigos porque me padrinho um velho lobo roqueiro, sempre me presentiava com as bandas que mais gostava, sendo que os álbuns mais novos me faltam, aí vem vc e libera Traces, vou curtir e ver como fivou depois de Peter Panka.

Estou me divertindo muito na categoria Blues Rock.

Ave, Pântano!!

Até mais, e boas férias.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaala Fábio!
Seja bem vindo!
Cara, me amarro muito nessa Jane aí (e em outras também... hehehe), que tem vários discos totalmente excelentes. Não dá pra destacar um único disco deles, mas do primeirão até o Between Heaven & Hell mais os dois últimos, todos são acima da média.

Graaaaaaaaaaaande Irmão Clash!
Ah, meu amigo, não conheces ainda? Já sei que vais chapar completotalmente! rsrs E deixe preparada uma garrafa de uma de suas melhores 'marvadas' pra acompanhar a audição do Here We Are (pelo menos), porque vale muito!
Grande prazer te 'rever' por aqui, brother.

Ave! Pássaro! Passarim! rsrs
Grande Leandro, valeuzão (de novo) pelo disco! E não é que o bicho é melhor do que o que eu lembrava?
Acho que você vai curtir bastante o Traces - achei ainda melhor que o Voices.

Valeu, meus camaradas.
Abraços pra todos!
ML

O autor dos rebentos disse...

O primeiro e o terceiro, tenho o bolachão, saiu por aquela coleção da Sábado Som (ao menos o primeiro, se não me engano)
Parabéns pelo blog.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaala, RebentAutor!
Seja bem vindo!
Bons tempos do vinil... O chato é que, na maior parte dos casos, os vinís lançados no Brasil eram de qualidade bem inferior ao gringo, o que influenciava diretamente na qualidade sonora, mas nada, também, que não saciasse nossos ávidos ouvidos.
Valeu!
ML