terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Fronteiras Do Universo



Fronteiras do Universo I: A Bússola Dourada
(His Dark Materials 1: Northern Lights)
Philip Pullman
1995
Editora Objetiva




Em breve estreará nos cinemas o filme ‘A Bússsola de Ouro’, baseado no livro de mesmo nome de Philip Pullman. ‘A Bússola de Ouro’ é o primeiro volume da trilogia ‘Fronteiras do Universo’, que tem ‘A Faca Sutil’ e ‘A Luneta Âmbar’ como segundo e terceiro volumes, respectivamente.
Muitos comparam o autor a Tolkien e C. S. Lewis, talvez por ser professor em Oxford, assim como foram os outros, mas, sinceramente, em minha opinião, ele está mais para Philip K. Dick, Frank Herbert e Lewis Carroll, ou, melhor, uma grande mistura de todos esses três, principalmente porque a obra é um grande e consistente amálgama dos universos da Fantasia e da Ficção Científica.

É engraçado como sempre procuramos referências para o que é novo, fazemos essas comparações para adequar melhor nossos conhecimentos, mesmo quando, como nesse caso, se trata de algo inteiramente novo, inédito e singular. Como tudo que vem surgindo desde a metade do século XX para cá, é bem difícil se livrar das influências de mestres com suas obras já consolidadas através do tempo, é assim com a música, não poderia deixar de ser com a literatura; cabe a nós separar o que é mera cópia do que é realmente original.

A história de ‘A Bússola de Ouro’ se passa em um universo paralelo, parecido com o nosso, mas diferente em vários aspectos; nele todas as pessoas tem um daemon, que na forma de um animal, faz parte de cada ser, como se fossem unos, uma manifestação da alma e personalidade de cada pessoa. Esse mundo é regido com mão de ferro pela Igreja, o Magisterium, de modo que quem é contra ela, e seus dogmas, é considerado herege e é, consequentemente, um proscrito. A aventura de Lyra Belacqua, começa na Inglaterra, mais precisamente em Oxford, e termina no Pólo Norte, onde experimentos com a aurora boreal e partículas elementares (chamadas aqui de ‘’ e no segundo volume, quando estão no nosso universo, é chamado de ‘Matéria Escura’) podem mudar o destino de todos os universos paralelos, onde Lyra tem papel fundamental em várias passagens. Por trás do que seria uma aventura dirigida a um público infanto-juvenil, muitas questões profundas são discutidas e servem de pano de fundo para uma intrincada trama; o livre pensamento, a liberdade de movimentos, toda a questão religiosa, as crenças e o modo como cada pessoa encara esses temas, entre várias outras questões filosóficas, éticas e morais fazem dessa obra algo muito maior do que, por exemplo, toda a série dedicada às aventuras de Harry Potter, e servem para todas as idades, reservando sempre novas surpresas conforme a experiência e cultura de cada leitor.

Quanto ao filme, é claro que uma adaptação nem sempre é totalmente fiel ao livro, seria impossível colocar em poucas horas tanta informação e tantos detalhes, e provavelmente muita coisa foi ‘suavizada’, para poder agradar a todos, mas é garantia de diversão e muitos efeitos especiais, com certeza, ainda mais tendo no elenco as maravilhosas Nicole Kidman, como a vilã Sra. Coulter, e Eva Green, como a bruxa Serafina Pekkala, além do novo James Bond, Daniel Craig, como Lorde Asriel, e também da voz de Ian McKellen (não sei exatamente qual personagem, mas imagino que seja o urso de armadura Iorek Byrnison).

Para finalizar, vou transcrever aqui a citação que abre a série.
Nesse abismo selvagem, seio da natureza,e, talvez, seu túmulo, nesse abismo que não é nem mar, nem terra, nem ar, nem fogo, mas todos esses elementos confusamente misturados nas suas causas fecundas, que devem lutar sempre assim, a menos que o todo-poderoso Criador ordene aos seus negros materiais que criem novos mundos; nesse abismo selvagem, Satanás, o cauteloso inimigo, mantém-se à beira do inferno, contempla-o algum tempo, refletindo sobre a sua viagem...
John Milton: O Paraíso Perdido, Livro II

4 comentários:

GRAVETOS & BERLOTAS disse...

Por increça que parível, Maddy, nunca tinha ouvido falar nessa obra -se bem que, hoje, leio muito menos do que em outros tempos- mas já assisti o trailer do filme e a Primeira-Dama já está correndo atrás para baixar. E, com certeza, essa sua contextualização vai ajudar muito.
Abrações.

Anônimo disse...

SHITTY MUSIC!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Hello, as you may already found I'm fresh here.
In first steps it's very good if someone supports you, so hope to meet friendly and helpful people here. Let me know if I can help you.
Thanks and good luck everyone! ;)

Anônimo disse...

Hi, as you can see this is my first post here.
Hope to get some assistance from you if I will have some quesitons.
Thanks in advance and good luck! :)