terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Mais Uma Caça Às Bruxas & Outras Considerações

Amigos, amigas, camaradas, parceiros, freqüentadores e anônimos em geral, já não é mais novidade nem surpresa quando, volta e meia, dá-se uma caça às bruxas entre os blogs dedicados a disponibilizar discos para downolads. Desta vez, entre vivos e mortos, dois ótimos blogs dedicados ao rock progressivo & afins pereceram: The Forgotten Sons e Rocksession. Pereceram mas não desistiram...
Danilo, El Proghead, já está até calejado, porque deve ser o terceiro ou quarto blog dele que é deletado... Apesar de todos os cuidados que tomava, não teve jeito, o Blogger foi lá e ‘crau’, sem mais nem menos. Agora, o que podemos fazer é lamentar e aguardar que o Danilo volte com força total.
O Rocksession, que há pouco comemorou seu primeiro ano de vida, teve 90% de seus links deletados; todos do Mediafire. Baixou o desânimo em Moisés e equipe, mas a nossa política de ‘desistir, jamais!’ acabou falando mais alto e em breve eles colocarão um novo blog no ar e, pelo e-mail que o grande camarada e parceiro Moisés me enviou, acho que se chamará Equipegrob.Parei pra pensar nos porquês desses blogs terem sofrido esses ‘ataques’. O caso do Rocksession é mais fácil de explicar, porque o Mediafire sempre faz esses expurgos e muitos blogs já sofreram com isso – eu mesmo, na época do Delirium Dust, tive alguns links deletados por nada -; o que é até compreensível, visto que foram uploads livres, sem que se tenha utilizado uma conta, afinal nenhuma empresa trabalha de graça, essa é a ordem geral. Já o caso do The Forgotten Sons é mais complexo, pois foram várias causas: postagens de lançamentos, principalmente de neo-prog, são muito visadas, tanto pelas gravadoras, quanto por servidores, o próprio Blogger e instituições de arrecadação de direitos autorais estrangeiras. O Danilo já havia recebido avisos e teve vários posts deletados (esses sem aviso algum), então o blog já estava meio que sobrevivendo graças aos aparelhos, como se diz por aí... Não teve jeito, mesmo com todos os cuidados que ele tomava para tentar despistar quaisquer eventuais ‘caçadores’, o blog foi abatido cruelmente. Pelo comunicado que ele deixou, em breve retornará, talvez em outro formato.
Então, agora, só nos resta aguardar a volta dos que não foram (rsrsrsrs) e, depois, prestigiá-los devidamente.
Vou aproveitar o ensejo para algumas outras considerações.
Como todo fã da boa música, eu também baixo muita coisa por aí, dos mais diversos blogs e principalmente o que os parceiros e amigos vêm postando.
Não é uma regra geral, longe disso, mas muitas vezes me decepciono com o que foi postado, e não digo isso sobre a qualidade dos discos, mas pela falta de cuidado com o material postado, porque já baixei um disco pensando que era uma coisa e, quando abri o arquivo, era outra; discos com uma, duas ou várias músicas faltando; arquivos sem nome das músicas; músicas com defeito, ou em ordem trocada e, até, músicas de outros discos da mesma banda trocadas entre si, entre outras variações.É claro que o pensamento, em geral, é aquele bom e velho ‘cavalo dado não se olha os dentes’, mas acho que não custa nada caprichar um pouco mais; como diria um velho professor que eu tive: ‘se vai fazer alguma coisa, faça o melhor que puder, porque se não for assim, é melhor nem fazer’ – com o que concordo em todos os sentidos.
Eu não quero dizer com isso que eu seja melhor que qualquer outro ou que alguém seja melhor ou pior, nada disso: estou somente constatando um fato que acontece corriqueiramente e que para muitos não têm importância, mas que para outros muitos a importância de tais dados é evidente. A partir daí, cabe a cada um de nós a aprender com os próprios erros (coisa que venho tentando assimilar a cada postagem) e tentar evoluir, porque o que oferecemos aqui é Arte e Cultura, com os quais estaremos eternamente em débito.

Uma outra consideração, que acho bastante oportuna, é sobre a quantidade de discos postados. Vejo blogs, na maioria gringos, que mais parecem supermercados, com quinze, vinte, trinta postagens diárias! Quem, em sã consciência e mesmo com o dia inteiro livre consegue escutar devidamente dez discos em um só dia? Ainda mais de rock progressivo, que é uma música complexa, que requer atenção a ser ouvida? Tem o lado prático da coisa, também: 10 discos por dia, 70 por semana, 300 por mês, 3.600 por ano; aí chega uma hora que todos os discos interessantes já acabaram e o que se terá pra postar? Qualquer coisa... Bem, quem de nós gosta desse ‘qualquer coisa’? Sem contar o seguinte: o blog A postou o disco X em agosto, mas o blog B já o tinha postado em fevereiro, mas acontece que o cara do blog C gostou tanto do disco X que resolveu postá-lo, também, em novembro... Bem, não entendo esse trabalho todo se não for para, pelo menos, oferecer algo a mais do que o que já foi feito, seja com uma melhor qualidade de rip, com bitrate mais alto, ou por ter anexado o encarte ou faixas bônus, e por aí vai... E nem vou entrar na espinhosa questão da falta de critério e de justificativas de alguns desses blogs que postam Rolling Stones, Britney Spears, Chitãozinho & Xororó, Aphex Twin e Grobschnitt no mesmo dia... rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs Aí já seria papo pra preencher umas cinco páginas do Word com fonte 8... rsrsrsBem, não vou me delongar muito mais, porque acho que a essência do meu recado está dada. Só ficou faltando falar que deveríamos incentivar nosso trabalho em conjunto, já que a sociedade está, a cada dia, mais e mais individualista; principalmente porque não estamos competindo entre nós - isso aqui não é uma concorrência, nem um jogo -, mas estamos trabalhando em prol da divulgação e difusão do tipo de Arte e Cultura que gostamos e que achamos válida ser espalhada e, de certa forma, eternizada; nós somos, somente, um meio, um veículo para isso, cabe a cada um de nós querer ser um Fusquinha ou um Porsche (rsrsrsrsrsrsrsrs).

Se você chegou até aqui, agradeço pela paciência e ofereço um pequeno ‘presente’ para aqueles que têm algo de ‘maníaco por organização’, da mesma forma que eu (rsrsrsrs): é um programa que possibilita renomear arquivos, faixas e todos os detalhes das etiquetas de cada arquivo – quem tem i-pod deve gostar de ver na telinha todas as informações referentes a cada música, como o nome da banda, do disco, da faixa, etc. É o Tag & Rename, facílimo de usar, e, para facilitar ainda mais, achei um tutorial que explica tudo, detalhe por detalhe, com exemplos e tudo o mais – aí embaixo estão os links.Agradeço por sua visita e por tudo o mais.
Divirtam-se!

Tag & RenameSharebee
TutorialLiterabilia

11 comentários:

ROCKSESSION disse...

Grande Maddy!!!
Não tenho palavras para agradecer está postagem, realmente devemos tirar o chapéu para sua organização e capacidade de colocação nas palavras.Desde muito tempo já afirmo que (O Pântano Elétrico)é o Blog mais completo da WEB sob a sua batuta.Parabéns e muito grato pela gentileza como sempre.Em breve estarei de volta,
Abraços Musicais
MTB

Edson d'Aquino disse...

É, maninho, finalmente entrei pra elite. Recebi o comunicado do Blogger e, automaticamente, tive meu post do 'City To City' do Gerry Rafferty deletado. Mas me diga uma coisa: o texto é MEU! Qual o direito que eles tem de deletar (leia-se 'apropriar-se') algo totalmente desenvolvido por minha enfumaçada e doentia mente? Ainda bem que tenho todos (ou quase) os HTML e, assim que a poeira baixar, retorno. O mais estranho é que o link já havia expirado e estava em fila pruma repostagem. São uns boçais, mesmo!
Vou fazer uma revisão dos HTML pra ver se ainda falta algum a ser salvo e começar a alimentar o 'Pilão & Seda'-deixando-o oculto, claro- já me preparando pro pior. Se bem que prefiro ver o blog deletado na íntegra do que o desativamento dos links.
[]ões

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaaaande Moisés!
Queissomeucamarada!?!?! rsrsrs Não precisa agradecer; ou melhor, ponha logo o blog novo no ar, aí ficaremos quites! rsrsrsrsrsrs
Agradeço pelas suas gentis palavras.
Boa sorte!

Faaaaaaaaaaala, hombre!
Ainda bem que você já tem seu plano B e tudo salvo, vai que o G&B toma o mesmo rumo dos citados no texto...
Os caras não têm mesmo um critério lógico, vai entender... Deletarem logo a postagem daquele disco porcaria... rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs Ainda mais com o link morto - doidêra, meu irmão, doidêra!
Talvez isso signifique que alguma novidade do G. Rafferty deve estar sendo lançada, quem sabe?

Abraços, meus camaradas; valeu!!
ML

Miguelito, el Gran Chihuahua disse...

Ô Risole de Marijuana ! \o/ \o/ \o/

Cara, quando você tocou no assunto sobre a qualidade do que se é postado acabou por lembrar-me de falar algo que não o fiz quando da última vez que nos vimos.
É claro que entendemos a boa vontade das pessoas que postam determinadas coisas, mas...Eu compartilho da mesma opinião em relação a fazer bem feio ou deixar de fazê-lo.
Fui expulso de um fórum recentemente por causa de uma constatação sobre a qualidade do que foi postado e, mesmo assim, tinha-se que agredecer por isso ! Quer dizer, é uma merda pra lá de constatada e o sujeito ainda fica com aquele discursinho babaca de "ponha-se no meu lugar" (impossível, diria a Dona Física, "o que fazemos aqui é com amor" (ai, que lindo...! F-o-f-o) e, a melhor, "não recebemos nada por isso" (nem em Kuanzas, porra?)...
Na verdade, eu só perguntei se o filme que eu estava fazendo estava com uma qualidade melhor do que o outro..Pra quê ! Depois de todo esse discurso, ainda veio o SUPER ADMINISTRADOR (Ai, que meda, mel dels...!) e veio defender o outro que fora criticado.
Bem, Marcello, aí não prestou, pois como sou razoavelmente bem articulado falei que não pedira a opinião dele e que se ele achava qu e para ter uma ótima imagem eu deveria comprar um dvd ou ir ao cinema, mandei que comprasse na Casas Bahia um em promoção e com pagamento para Fevereiro !
E finalizava dizendo que quando se quer ler e/ou ouvir só o que se quer temos uma prática bem fascistóide em curso...
Fui expulso por que fui taxado de "exigente" e que incitara práticas Nazistas!!! C-A-R-A-L-H-O, meu Führer...
Quer dizer, nós gostamos das coisas bem feitas por que estas serão passadas para outrem...E isso não quer dizer que devem ser feitas de qualquer jeito, porra !
Sobre os blogs citados e que foram detonados, constituie-se uma condenável prática de censura, pois não é crime fazer downloads sem fins lucrativos donde se conclui...
Enfim, RESISTÊNCIA DJÁ, FOLKS !
Abração, meu irmão !
Miguelito, el Gran Chihuahua.

obs; No caso do Edson, eu concordo com a exclusão do post, pois esse negócio de fazer loas à pederastia não está correto, não...O..O


kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Edson d'Aquino disse...

Ah....e concordo em gênero, número, grau e declinação com suas críticas ao conteúdo e, porque não, ideologia de compartilhamento de alguns blogs. Demonstra um descuido enorme com o que se disponibiliza pois faixas incompletas, ausentes, trocadas, etc são recorrentes. Até já conversamos sobre uma banda que rola pela internet com a capa de seu 1º (e raro) disco e o conteúdo, na realidade, é o do 2º disco (já o encontrou pra mim?). Resultado: cheguei a baixá-lo 5 vezes em blogs diferentes e vir sempre o mesmo disco errado por total desconhecimento, por parte dos administradores, do material postado. Dão a impressão de que passaram por um blog , leram alguns comentários elogiosos e pensaram: 'Oba! Isso vai dar Ibope lá na minha "quitanda"'.
[]ões

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Heil, Herr Prolixen!
Eu não compartilho sua opinião de fazer bem feio... KKKKKKKKKKK
Cara, numa situação com pessoas como essas eu as deixo relegadas à sua própria auto-significância, qualquer dia desses eles se suicidam se jogando de cima do próprio ego... rsrsrsrsrs
Ultimamente tenho até verificado o e-mail do blog, coisa que nunca faço, só pra ver se recebi algum desses comunicados, mas se receber, também, que se foda... Não vou esquentar minha cabeça com isso porque já tenho preocupações demais no meu dia-a-dia.
Risole de marijuana, é? Como eu nunca tinha pensado nisso antes?... rsrsrsrsrsrs

Faaaaaaaaaala, Edson D'Aquino!
Então conseguiu mudar o nome, né? Maravilha! Já pensou se ficasse Edson D&ampAquino? rsrsrsrsrsrsrs
Concordo com toda a sua concordância, menos com algumas gramaticais... rsrsrsrsrs
Acho que muita gente tem essa postura assim meio arrogante, mesmo quando não dominam o assunto, quando seria muito mais simples e simpático ser mais humilde, afinal, nos dias de hoje, com tantas informações disponíveis graças ao São Google, muitas fontes ainda podem estar erradas também (o ProgArchives que o diga...).
O que acho errado é crer que isso aqui, blogs onde a maioria das pessoas são ilustres anônimos que se escondem atrás de apelidos ou pseudônimos, vá trazer algum tipo de fama ou qualquer coisa do tipo pras suas vidas... Viver na ilusão é o erro mais grave que qualquer pessoa pode cometer.
Vamos ver até onde isso vai...

Meus dois IRMÃOS, abraços fortes e até mais.
O fim de semana foi SENSACIONAL!! Melhor ainda depois do Vascão naufragar! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs
Valeu!
ML

Miguelito, el Gran Chihuahua disse...

O meu teclado é temperamental...!

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk O..O

Agora sim, é no plural...hahahahaha

E o nome correto do Biba é EDSON DÁQUILO...Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaala, Miguelito!
Arrã, saquei, é o teclado que é temperamental... E você continua com essa fixação homEssexual... (rsrsrsrsrs)
Abraço.
Valeu!
ML

Fireball disse...

Miguelito, Edson e Maddy Lee,

Também já tive problemas mais de uma vez com o administrador de um fórum bastante conhecido por eu ter reclamado do conteúdo porcamente postado e com inúmeras informações grosseiramente erradas.

É bem como o Edson descreveu: faixas pela metade, álbuns trocados etc.

Uma vez baixei um arquivo que era descrito como "faixas raras do teste do Doogie White para o Iron Maiden". Sempre fico com um pé atrás com esse tipo de "raridade" mas fui conferir...

De cara já identifiquei como uma versão daqueles tributos à banda onde o vocal era realmente de Doogie mas com uma banda genérica que qualquer um reconhece como não sendo o Maiden original.

Ao esclarecer isso, tive como resposta aquele mesmo papo de "ponha-se no seu lugar", "não ganho nada com isso" etc. Os caras se interessam mais pelo título do que pelo conteúdo, talvez para parecerem descobridores de tesouros, e querem passar a idéia adiante na marra.

É por essas e por outras que acho que blogs como o "Pântano" e o "Gravetos" estão muito à frente da massa e devem ter um plano B para que o conteúdo não seja perdido. Não tanto pelos links mas principalmente pelos textos, que são manifestações pessoais e não apenas releases tirados do Wikipedia ou do AMG.

Abraços

Franck disse...

Grande Marcello
Muy buena postagen,te encuentro razón en lo que dices, creo que aunque la finalidad es buena de difundir el arte, es inevitable que se entre en conflicto con los famosos Copyright de muchas obras, lo que trae peligros a la permanencia de los blogs. En lo personal si no fuera por los blogs, no conocería la mayoría de las bandas que conozco ahora, sobre todo de rock progresivo que es un estilo tan poco difundido...
En fin...gracias por tu mensaje
Abrazos

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaaaaaaande BolaDeFogo!
Cara, eu acho que nunca nos livraremos desse povo egocêntrico, dessas pessoas que pensam estar fazendo um grande favor à Arte & Cultura de forma tão aquém do merecido. E vou te dizer, nem adianta dar um toque na boa, na paz, porque normalmente a reação é mesma: arremesso de pedras... rsrsrsrs Acho que o negócio, então, é seguir em frente, ao menos tentando fazer o melhor, do nosso próprio jeito.
Agradeço pelas suas gentis palavras, meu camarada, e pelos elogios (que vindos de você são devidamente e altamente considerados).

Faaaala, Franck!
Se não fosse a internet e tantos blogs especializados, talvez o Porcupine Tree não existisse mais, já que o próprio Steve Wilson credita o sucesso da banda à internet. Sobre os direitos autorais, eu acho que as regras ainda precisam se reestruturadas, se adaptando melhor aos nossos tempos.

Grande abraço.
Valeu!
ML