segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Os Mestres E O Colecionador



Steve Howe & Martin Taylor - Masterpiece Guitars (2002)





Este disco me foi presenteado pelo grande camarada José Renato, um dos Seres da Noite, mesmo sem ele saber que eu sou um grande fã do Steve Howe.
Por e-mail ele me disse mais o menos o seguinte: ‘gostei muito do disco e logo pensei que tinha muito mais a ver com o Pântano Elétrico do que com o Seres Da Noite, então taí pra você postar’.
Diante de tamanha generosidade eu não pude sequer contra-argumentar, dizer que lá no Seres Da Noite também tem espaço para esse disco, visto que a qualidade é inegável e um monte de etceteras. Mas tudo bem, fica aqui minha homenagem e meus agradecimentos ao José Renato. Valeu, meu amigo, valeu, valeu! Excelente!Vamos ao disco...
Pesquisando no São Google, descobri a história sui-generis desse disco; é mais ou menos isso: Scott Chinery é um colecionador de violões e guitarras e tem mais de 1.000 (!!) em sua coleção, todos diferentes entre si, e queria registrar, em disco, seus sons e timbres. Foi aí que Martin Taylor entrou na história, levando de reboque o amigo Steve Howe. Depois de ficarem assombrados diante de todos aqueles violões e guitarras, logo botaram a mão na massa e gravaram as 17 músicas desses discos, cada uma delas utilizando instrumentos diferentes, escolhidos a dedo (literalmente) da coleção de Chinery. Foram utilizados 75 diferentes instrumentos de corda neste álbum, incluindo banjos, bandolins, baixos e até mesmo ukeleles.As músicas oscilam entre variações de jazz, seja com um lado folkie ou bluesy e até mesmo com algo de bossa nova. Nelas encontramos todo o maduro virtuosismo desses dois grandes guitarristas, que sempre optam pelas melhores notas, as que caiam bem com a música, não é aquele tipo de virtuosismo exuberante, arrogante e egocêntrico de alguns desses célebres masturbadores de guitarras (vocês sabem quem são; não preciso desfiar nomes...).
Só como curiosidade, enquanto eu fazia essa pesquisa, descobri algumas coisas dessa figura de quem eu nunca ouvira falar, Scott Chinery; o maluco é um bon vivant, milionário e colecionador de coisas boas como charutos cubanos, instrumentos, mulheres (hehehe), gibis e carros, sendo que ele foi o comprador do Batmóvel original, da célebre série de TV. Não encontrei um site específico, mas vale a pena pesquisar mais sobre a vida do cara.
Martin Taylor é um guitarrista de jazz de grande renome, ídolo de Pat Metheny, entre outros. Acesse aqui a sua página na Wikipedia e seu Site Oficial.
Steve Howe é mais conhecido entre nós, fanáticos progressivos, mesmo assim, quem quiser saber mais sobre esse maluco genial acesse o ProgArchives, a Wikipedia ou seu Site Oficial.

Divirtam-se!

Masterpiece Guitars
17 faixas, 224k, 96,48mb
Sharebee

18 comentários:

Noslen ed azuos disse...

E ai camaradinha, tudo bem!
Legal o cara excêntrico fazer valer os instrumentos, afinal o importante é o resultado, e é o que eu vou fazer baixando, ...é cada um com suas manias este sabe escolher bem as dele.

Abração
ns

GRAVETOS & BERLOTAS disse...

Já tenho esse aí e é um esculacho de bão! Mas não sabia desse underground todo que permeou sua gravação. Ficou ainda mais interessante. Valeu, carajaense da muléstia!
[]ões

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaaaande Noslen!
Cara, se eu fosse milionário que nem esse maluco também colecionaria todas essas coisas (e muitas outras mais) e ainda bancava umas aulinhas com o Howe - hehehe

Faaaaaaaaala, El Botachorense De Las Berlotas!!
Tu tá mangano di eu, tá, minino? Ôôôche que lhe passo a pexêra, hômi! Arreda pra lá, cabra! rsrsrsrsrsrsrs Da muléstia, tudo bem, mas carajaense é o escambau! rsrsrsrsrsrs
Eu nem sabia dessa história louca, mas pesquisando pra fazer a resenha me deparei com ela e achei que deveria contá-la pra galera.

Abraços pros amigos.
Valeu!
ML

Sr do Vale disse...

Sou colecionador de mp3, tenho pra lá de trocentos, muitos eu ainda nem ouvi, acho que essa coisa tá se tornando uma patologia, não consigo parar doutor, acho que são as companias, quando penso em parar, lá vem mais um pra baixar, assim não dá eu num guento.

Sr do Vale disse...

Maddy por enquanto só ouvi meia dúzia de acordes, e de cara já vou dizendo, que delícia de som.
obrigado amigo.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaala, Mr Valleyman!
Esse negócio de baixar discos é danado! Pode mesmo virar obsessão. Já fiz terapia de todos os tipos, fiz despacho na esquina, reza braba, me internei num ashram e no Pinel. Nada adiantou. Então resolvi sucumbir ao vício de vez e comprei trocentos DVDRs, porque, você sabe: só Jesus salva, mas o Diabo faz o backup... rsrsrsrsrs
O som da dupla (e dos violões) é mesmo muito bom, às vezes acho meio careta demais pro roqueiro que habita minha alma, mas isso logo passa, porque os caras tocam muuuuuito!
Abração!
ML

Anônimo disse...

Esperar o que de Howe? O cara é bom d+. Valeu pelo post!

Cristiano Valério (cvmoreira30@gmail.com)

Long live Rock n´roll!

Progshine disse...

E lá vamos nós entupir nossos HDS com curiosidades musicais d'O Pântano, adoro isso :D

ayresrio disse...

Grande MADDY,valeu a dica do Pixies,bom pra k.......rsrsrsrsrs,agora q tal um dvd ao vivo do PFM no Japão caso vc não tenha é so falar,agora ca pra nós esse sapo doido do nosso grande Berlota ta demais rsrsrsrsr o Edson é show,abraços AYRESRIO.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Cristiano Valério!
Cara, me desculpe, mas parece nome de zagueiro de time do interior paulista! rsrsrsrsrs Brincadeiras à parte, valeu pela visita, seja bem vindo!
Howe é um dos meus guitarristas preferidos, um dos poucos guitarristas de rock que usa a guitarra praticamente limpa, com pouquíssimos efeitos, sem distorções nem nada e, mesmo assim, consegue adiconar peso e noutras nuances que muita gente pena pra não conseguir... rsrsrs

Faaaaala, Diegão!
Esse a gente tem que agradecer ao José Renato!

Graaaaaaaande Ayres!
Caraca! Claro que me interessa esse DVD do PFM! Mas vamos deixar pro próximo encontro da galera no Rio D'Janeura.
Eu sabia que você ia gostar do Pixies. Na verdade, acho que não tem como não gostar! (rsrsrsrs) Eu tenho uma teoria que se não existisse o Pixies, não existiria o Nirvana e o rock dos 90 seria "comandado" pelo Smashing Pumpkins, mas isso é só uma teoria...
Edson, meu irmãoSinho, El Botachorense de Las Berlotas Lisérgicas ficou bem na fita com a fantasia brenfo-batraquiana. rsrsrsrsrsrs

Abraços pra todos.
Valeu!
ML

Franck disse...

Grande Marcello, este si que es sorpresa, sobre todo para los fans de Steve Howe...
Cambiando un poco de tema, en un diario local apareció un reportaje muy bueno de John Coltrane, creo que te puede interesar, eso si está en español, si te interesa te puedo buascar el link para que lo veas...
Otra cosa, tu que tienes vasta experiencia en el Share...qué servidor me recomiendas, he tenido muchas dificultades, algunos funcionan bien unas veces pero otras veces no, he usado Mediafire, Megaupload, Rapidshare y Badongo, la verdad es que ninguno es muy superior al resto, además Megaupload me borró los links..
Espero tu respuesta estimado amigo
Saludos

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaaaande Franck!
Meu camarada, como você pode ver (ou ler...) meu domínio da língua espanhola é igual à 0,5% de nada... Então vou deixar passar essa matéria sobre o Coltrane.
Sobre o servidor, recomendo o Sharebee porque ao menos dá 4 opções para download. Aqui funciona que é uma beleza, mas tem gente que às vezes tem problema com ele.
Megaupload é ruim porque nem todos se arriscam a baixar a barra deles que permite o download. O ZShare que era bem confiável andou dando problemas. O Badongo também, volta e meia, dá uns problemas (eu mesmo tenho uma tremenda dificuldade pra baixar através dele). o Mediafire é muito bom, mas é o que deleta os links mais rápido e mais constantmente. O Rapidshare tem lá os seus problemas, mas até que é bem confiável; a maioria das pessoas o utiliza para subir os arquivos e eu sempre prefiro oferecer outra alternativa.
Resumindo, tente o Sharebee e depois me diga como funcionou.
Espero que os fãs do Howe acabem virando fãs do guitarrista que tem nome de duas das melhores marcas de violões, Martin Taylor.
Um abração, meu camarada
Valeu!
ML

José Renato disse...

Graaaaande "Mad Lee",

Eu tinha certeza que nas suas competentíssimas mãos este Post seria Show de Bola. E não deu outra! Eu sou aquele cara "fuçador" da Net, mas tenho sérios problemas de tempo (ou a falta dele)e porisso, quando baixei e ouvi este CD, eu achei que teria que ser um Post com muita pesquisa e que deveria este encontro ter coisas muito interessantes além do CD em sí, que já é um petardo. Acompanho seu excelente Blog há algum tempo e, apesar de não conhecê-lo pessoalmente, tenho profunda admiração e respeito pelo seu trabalho. Daí eu ter a certeza de que não poderia este trabalho estar em melhores mãos. Valeu!
Grande Abraço
José Renato

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaaaande José Renato!
Meu camarada, graças a você fiquei sabendo dessa história louca e conhecendo esse disco magnífico - não tenho palavras suficientes pra te agradecer. Também agradeço pelas suas cordiais palavras. Quando quiser mandar mais contribuições, saiba que serão mais do que bem vindas.
Parece que a galera gostou também, porque já foram 50 downloads (até agora) em apenas dois dias - excelente!!
Abração, parceiro!
Valeu!
ML

Franck disse...

Grande Marcello, voy a averiguar como postear en Sharebee...
Te dejo el link del reportaje, Habla del histórico sello Impulse, que grabó muchas obras maestras del Jazz (Jazz tradicional y jazz de vanguardia)...y dan ganas de comprar discos de ese sello:
http://www.lanacion.cl/prontus_noticias_v2/site/artic/20081108/pags/20081108205310.html
Abrazos

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaande Franck!
Valeu, já vou conferir a matéria.
Boa sorte com o Sharebee.
Um grande abraço.
ML

Sr do Vale disse...

Maddy, tive o prazer de ver e ouvir o show do PFM em São Paulo, o mesmo do DVD gravado no Japão, que show inesquecível.
As vezes assisto o DVD, pra sentir o clima novamente, maravilha.

abraços.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Mr Valleyman!
Eu também vi o PFM, mas no Rio, e foi um showzaço, com o DiCioccio esbanjando simpatia e vitalidade, mesmo com a casa meio vazia.
Nunca vi um DVD deles, agora só quando encontrar o Ayres no Rio...
Abração!
Valeu!
ML