quinta-feira, 22 de maio de 2008

O Genial Miles Davis




The Complete Birth Of The Cool (1950)







Ascenseur Pour L'Échafaud (1957)






Miles Davis In Stockholm 1960 - Complete (1960)







Bluing: Miles Davis Plays The Blues (1996)




Miles Davis dispensa apresentações e qualquer adjetivo menor que ‘gênio’ também é dispensável. Uma das coisas que sempre gostei a respeito dele é que sempre soube se cercar dos melhores músicos e, ao mesmo tempo, sempre deu espaço de sobra para que eles contribuíssem com a sua música. Generosidade desse calibre é coisa muito rara no mundo musical...
Estou postando aqui alguns discos que eu tenho e que gosto muito.
Um dos marcos da carreira de Davis é o disco ‘Birth Of The Cool’, onde praticamente dita as ‘regras’ do que seria chamado cool jazz. Lançado em 1950 com 11 músicas, esta edição comemorativa traz as 12 faixas gravadas originalmente, mais 13 faixas ao vivo.
Ascenseur Por L’Échafaud’ é a trilha sonora do filme, em português, ‘Escadaria Para o Cadafalso’, do francês Louis Malle, com Jeanne Moreau e Maurice Ronet. O filme é um suspense/drama, que conta sobre o plano de dois amantes para assassinar a mulher dele, onde nem tudo sai como o planejado. O DVD, se não me engano, não foi lançado no Brasil, mas talvez possa ser encontrado em locadoras especializadas em filmes de arte ou em lojas do ramo, mas só importado. Gosto tanto desse disco que há muito tempo subi um link pra postar no extinto Dead End, do nosso camarada Hebag, e depois no Delirium Dust. Altamente recomendado para ser usado como trilha sonora de um bom amasso com a patroa...

Miles Davis In Stockholm 1960 Complete’ é um box com quatro discos e, como diz o título, registra a passagem de Davis pela capital sueca naquele ano; é mais ou menos separado em duas partes, onde ele divide o palco com os saxofonistas John Coltrane em uma e com Sonny Stitt na outra. É muito interessante avaliar as diferentes interpretações para a mesma música, como no caso de ‘So What’, ‘Walkin’’ e ‘All Blues', entre outras.

Finalmente, ‘Bluing: Miles Davis Plays The Blues’, é uma coletânea de músicas com raízes bluesy, devidamente interpretadas do modo mais do que pessoal desse genial trompetista.
Tudo isso com encartes completos, aproveitem!


NOVOS LINKS!

Link (4,06kb) - Sharebee

12 comentários:

Rochacrimson disse...

Genial!

Franck disse...

Otro gran aporte Marcello. En lo personal no he explorado mucho el Jazz, pero lo que he escuchado me agrada mucho. Este post cae del cielo...
Saludos

Franck disse...

Hola Marcello...
He estado escuchando los Cd de Miles Davis in Stockholm y están muy buenos, esas grabaciones son geniales. es increíble la capacidad de Miles Davis de expresar con su instrumento, voy a buscar más música de él...
También te quiero avisar que el link de la segunda parte de Bluing-Miles Davis plays the blues está malo, aparece el mensaje Page not found...
Saludos

GRAVETOS & BERLOTAS disse...

Pô, logo o que tô querendo tá com problema? Assim não pode, assim não dá!
[]ões

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

. Rocha, valeu!
. Franck,
obrigado pelos comentários. Acabei de conferir os links do Bluing e ambos estão funcionando, talvez você não tenha reparado que há duas opções para a parte 2 (as duas são iguais).
. Edson,
e aí, beleza? Acho que você não terá problemas, como pode ler acima.
Abraços para todos.
Valeu!
ML

woody disse...

Vishhhhhhhhhhhh! Esse é "O CARA". Miles forever! No trompete não tem para ninguém, o resto é corneteiro. Uma coisa difícil é eu encontrar uma gravação do Miles que eu já não tenha. Na verdade tenho tantas que já nem sei mais direito quais são. Mas está me perecendo que este Miles Davis In Stockholm 1960 - Complete, e ainda não tenho. Pelo menos não me lembro da capa. Sabe como é, eu tenho dificuldade em lembrar os nomes, mas dificilmente me esqueço uma capa.
Maravilha Maddy, com essa ganhei o dia!!!

Grande abraço,
WOODY

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

Grande Woody!
Realmente Miles é 'o' cara, assim como Jimi Hendrix, um revolucionário.
Esse Stockholm aí é um box c/ 4 CDs, bem difícil de se encontrar, espero que você goste (se ainda não tiver).
Abração.
ML

Miguelito, el Gran Chihuahua disse...

Maddy Lee,
Você tem a caixa com os 20 cd's das apresentações do Miles no Festival de Mountreux???
Tem um blog que postou isso e é o:
www.musicalbox.blogger.com.br
Se você não tiver é bom dar uma conferida por lá!
Um grande abraço,Miguelito.

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

Grande Miguelito!
Cara, 20 CDs, é? Já tenho tanta coisa do Miles que nem sei se já tenho isso ou não. De qualquer maneira, vou lá conferir.
Valeu pela dica!
Abração.
ML

woody disse...

Pois é Maddy e o tal do Miles Davis In Stockholm eu não tinha não, aliás o Miles tem disco para caralho alho, ganha do Zappa em discos lançados e bootlegs. Maravilhoso esse In Stockholm, como é a maior parte dos trabalhos desse cara cuja palavra gênio é um adjetivo deveras modesto ao referido!

Abração,
WOODY

Franck disse...

Gracias Marcello, acabo de bajar la parte que me faltaba y ya la estoy escuchando...Gracias a tu blog he conocido muy buena música de diversos estilos, muchas gracias
Saludos

Marcello L. a.k.a. Maddy Lee disse...

. Grande Woody!
Concordo completamente contigo; gosto tanto do maluco que se ele tivesse gravado um disco só com o barulho dele soprando a fumaça do cigarro eu iria delirar rsrsrsrs Fico satisfeito em saber que contribuí para aumentar sua discografia com alta qualidade.
. Franck,
agradeço pelos seus constantes e oportunos comentários. Espero que eu ainda possa te apresentar muita música boa.
Abraços pra todos
Valeu!
ML