segunda-feira, 16 de julho de 2012

Slim Cessna’s Auto Club

Slim Cessna’s Auto Club é uma banda de Denver, Colorado, EUA, formada em 1992 pelo cidadão que também está no nome da banda: Slim Cessna. Esse senhor aí é o maior responsável por tudo na banda, das composições ao conceito em geral, seja como o principal vocalista, arranjador, banjista e guitarrista.
Inicialmente a banda fazia um som que eu chamo de Country Punk, mesmo que sonoramente haja um mínimo de quase nada de punk, mas mais pela atitude em si, no sentido do “faça você mesmo” inerente ao movimento punk, já que os músicos são também responsáveis por outros aspectos que não somente tocar, já que muitos dos instrumentos que utilizam foram construídos por alguns deles, além da arte das capas, gravações em estúdio e, também, pela administração do próprio selo, entre tantos outros aspectos.
Até o álbum ao vivo “Jesus Let Me Down” (que inclusive traz músicas que constariam em álbuns posteriores) eles se dedicavam prioritariamente a fazer um country de raízes bem fincadas, com alguns aspectos de bluegrass, folk, gospel e rockabilly, mas, até hoje, a maior diferença está na temática das letras, que têm forte influência do cristianismo, mas com um olhar nem um pouco fanático, muitas vezes até contestador e, também, apocalíptico – o que os fez ganhar a ridícula alcunha de banda de gothabilly... -, além de abordarem temas da vida em geral, como bebedeiras, brigas, relacionamentos, corações partidos e muitos aspectos assim mais mundanos. Se existe o rótulo Alt-Country, Slim Cessna’s Auto Club talvez seja a banda mais significativa do gênero – ao menos é a mais radicalmente country e alternativa.
A partir do álbum “Cipher” (de 2008) o som ficou muito mais diversificado, ganhando tinturas de rock alternativo, blues, psicodelia e tudo o mais que venha às cabeças dos malucos. Os três últimos álbuns são verdadeiros tesouros musicais, os que eu mais gosto nessa excelente discografia, com momentos dignamente geniais.
Cessna pode ser a cabeça do grupo, mas nada aconteceria se alguns dos outros membros não tivessem tanta importância quanto ele, mesmo que por ali tenha rodado muita gente, já que muitos amigos e familiares costumam participar nos discos e nos shows. Entre tantos, devemos dar grande destaque a John Munly (às vezes creditado Munly Munly, que é um perfeito sideman para Slim Cessna, seja nos vocais, no banjo ou em outros variados instrumentos),  John Rumley (responsável por guitarras, lap steel, pedal steel, entre outros instrumentos, alguns que ele próprio fabrica), Lord Dwight Pentacost (multi-intrumentista) e Danny Pants Grandbois (baixista), já que estes são os membros mais constantes na trupe. 
Até bem pouco tempo atrás, eu gostava pouquíssimo, quase nada, de country music, e isso era devido a relacionar o gênero a artistas que, mesmo talentosos, pouco me agradam, talvez pela caretice americana, por ser uma coisa assim “mainstream”, por ter influenciado diretamente o breganejo brasileiro, etc, mas é claro que nunca ignorei figuraças como Johnny Cash, Hank Williams e Willy Nelson. Graças ao meu brodim Edson D’Aquino de los Gravetos & Berlotas, que me aplicou o excelente cantor e guitarrista Brad Paisley, resolvi deixar de lado os preconceitos e me aprofundar um pouco mais nesse gênero musical, o que foi totalmente excelente, já que andei descobrindo ótimos artistas e bandas, mesmo que com propostas totalmente diferentes entre si e, entre todos, Slim Cessna’s Auto Club está entre meus preferidaços. Sendo assim, estou disponibilizando aqui a discografia completa da banda, com o máximo de qualidade (bitrate) e dos encartes que pude encontrar na grande rede.
Só me resta dizer o de sempre: divirtam-se! E comentem!!!!!!

Official Website
MySpace
Wikipedia

Links (4kb) – Mirror Creator

4 comentários:

Edson d'Aquino disse...

Diiiiiiiiga!!!!
Este não vou precisar baixar pq já tenho tudo, claro que devidamente patrocinado por vc e seu 'vagidrive' (N.A.: antes 'vagi' que 'pen', hehehehe) recheado de belas surpresas.
[]ões

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaaaaaala!!!!
Véi, esse foi um dos piores trocadalhos dos últimos tempos!!! Mas, tudo bem, foi por uma boa causa... rsrsrsrsrsrs
Grande abraço!

barba f disse...

maravilhoso o som dessa galera

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Carissississíssimo Mr Beard F, seja bem vindo!
Sonzeira de primeira! Já perdi a conta de quantas vezes os ouvi nas últimas semanas.
Você conhece a banda The Beards? Rock clássico, todas as letras falam sobre como é bom ser barbado, muito divertido! rsrsrsrsrs
Valeu!