quarta-feira, 17 de março de 2010

Másfél

Definitivamente a música dos húngaros do Másfél não é pra se relaxar; na verdade, eles fazem um som assim ‘nervosão’, não tem alívio e quando parece que eles vão deixar a poeira baixar, ah, meu camarada, pode crer que lá vem mais pancadaria. O estilo é fusion, com tudo o que isso tem direito: jazz, funk, rock, guitarras pesadas, muito groove, música folclórica européia (principalmente do leste europeu, húngara, balcânica e cigana) e todo e qualquer ritmo que eles queiram se apropriar – tem até uma música intitulada ‘Szamba’!

A banda se formou em 1991 e só veio a lançar seu primeiro disco, ‘Mese’, em 1993 e é capitaneada pelo baixista (animaaal!) János Hegedűs e pelo saxofonista Levente Lukács (que varia bem entre os saxes tenor, barítono e baixo). Com o tempo a formação foi se alterando - em ordem cronológica: Attila Bácsi e Barnabás (guitarras), Tamás Kalocsai e Ujj Zoltán (bateria); além do violoncelista Eszter Salamon, que saiu antes do último disco (‘En Garde!). Aliás, esse último disco é o primeiro a apresentar vocais, que ficam ao cargo de convidados, sendo que Gaya Arutjunjan (que empresta sua voz à música ‘Aerosoul’) foi incorporada ao grupo durante a turnê. Acho que nem preciso dizer, mas todos tocam bagarái, especialmente o baixista e os bateras.

A partir do disco ‘Angyaltojás’ eles também adicionaram elementos psicodélicos (em certos momentos lembra muito o Ozric Tentacles) e começaram a frear o ‘nervosismo’ característico, mas ainda com muito groove. Já em ‘En Garde!’ eles flertam com o drum ‘n’ bass, mas de um modo orgânico (tocando instrumentos de verdade...) e acrescentam alguns elementos eletrônicos, mas sem deixar a tônica fusion em momento algum.Pelo pouco que pude apurar (afinal a maioria dos sites que se referem à banda estão escritos em húngaro...), além dos discos oficiais, eles também fizeram trilhas para videogames e continuam na ativa; porém, com mudanças radicais na banda, já que o único membro fundador ainda presente é o saxofonista Levente Lukács (hoje também responsável pelos teclados e efeitos); além dele, continua o baterista Zoltán Ujj, mais os novos músicos Karen Arutjunjan (guitarra), Péter Sabák (baixo) e a vocalista Gaya Arutjunjan. Hoje, além do Másfél, todos eles (exceto Ganya) mantêm, juntos, um trabalho paralelo, mais voltado ao drum ‘n’ bass e dub, chamado Uno Y Medio, com um vocalista chamado McZeek. Infelizmente, não consegui apurar aonde foi parar o baixista (animaaaal!) János Hegedűs.

Estou disponibilizando a discografia quase completa, faltando somente o ao vivo ‘Ballast’ e dois EPs com remixes de músicas presentes no disco ‘Angyaltojás’ – quem tiver algum desses e quiser fazer uma ‘presa’, fique à vontade!
No mais, galera, é bom estar de volta, com um PC novo e fuderoso! rsrsrsrs
Como sempre: divirtam-se!

Site Oficial
Prog Archives

Links (3,12kb) – Sharebee

9 comentários:

Sr do Vale disse...

Maddy, grande Maddy.
Eu havia falado pra mim mesmo que não iria baixar mais nada, e ouvir as trocentas músicas que agadeiam minha vida, porém lá vem você pertubar a paz desse pobre coitado, eu não deveria ter lido a resenha, eu sabia que ia dar nisso, agora estou morrendo de vontade de baixar, relutando para não fazê-lo, mas o vício, caramba o vicio, olha para aquela palavrinha Sharebee (que não faço a mínima idéia do que seja) e vejo o som saindo pelas caixas, ainda mais Húngaros, das terras de Solaris, estou tentando, tentando, mas acho que não vou aguentar, acho que não.

abraços.

Eiji Kumamoto disse...

Cara... seu blog me salvou varias vezes musicalmente, provavelmente vc deve ouvir isso direto.
mas enfim, eu tava aqui cascaviando meus cds e vi um (que eu acho que vc ja deve ter ouvido)que me lembrou muito esta calorosa residencia digital. The Sensationsal Alex Harvey Band - Next. eu ganhei esse disco numa viagem que fiz.
se caso vc nao chegou a ouvir, tai a recomendadissimo!

abraçao!

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaaaaaaaaaaaaande Valleyman!
Cara, cuidado com essa crise de abstinência... A única cura é chafurdar no vício!! rsrsrsrsrsrs
Na Hungria tem algumas bandas ducarái (Solaris, East, Omega...), o Másfél faz bonito, mas tome cuidado: como eu disse no texto, o somé 'nervosão', a srª Do Vale pode não gostar nadinha disso! rsrsrsrsrsrs

Faaaaaaaaaala, Eiji-san!
Mais uma vez, valeu pela visita! Claro que conheço a banda sensational do Alex Harvey - grande cara! -, de qualquer maneira, valeu pela lembrança e pela recomendação, porque o 'Next' é mesmo um disco totalmente excelente - não tenho muita certeza, mas acho que 'The Faith Healer' talvez seja o maior hit dele, com muito merecimento, aliás.

Valeu, maluKos, grande abraço!
ML

Maria Dias disse...

Então o senhor apareceu!Bom te ler por aqui novamente!
Beijo!

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

E aí, lindona, beleza? Bom te ver por aqui também. Qualquer hora dessas vou te fazer uma visita.
Beijaço-aço-aço!
ML

Edson d'Aquino disse...

Taí, irmãoSinho, gostei desses húngaros aí. Ora denso, ora pesado e sombrio, e, o principal, ótimo pra jogar aquelas guitarradas por cima. valeu!
[]ões

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaaaaaaala, Brother Brenfa!
Achei que você ia gostar também por esse motivo... rsrsrsrsrsrs Muito bom pra brincar, né, não?
Abração!
ML

Diego disse...

Sobrei, os links já eram.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Caro Diego, acabei de testar os links e todos os Megaupload estão funcionando. Por favor, tente outra vez e caso continue com problemas, me avise, OK?
Boa sorte e obrigado pela visita.
ML